Guias de Estilo

 Resumos
Texto expandido, com título em maiúsculas e negrito e um mínimo de 1.300 e um máximo de 1.500 palavras, sem identificação de autoria. A proposta tem de incidir sobre um dos temas fixados nos eixos temáticos e situar-se no campo científico da História da Educação. Cada proposta tem de apresentar, de forma clara, o tema, os objectivos, o âmbito cronológico, a metodologia seguida, as fontes utilizadas e as conclusões do trabalho, indicando até um máximo de cinco referências bibliográficas ou documentais fundamentais para o estudo em causa. No final do resumo devem ser indicadas três palavras-chave.

Textos Completos
Os autores dos trabalhos cujos resumos forem aceites, têm de enviar o texto completo dos mesmos até ao dia 30 de maio de 2012, seguindo as seguintes normas: título em maiúsculas e negrito, seguido do(s) nome(s) completo(s) do(s) autor(es), identificação institucional (Universidade ou instituição de ensino e/ou investigação), e-mail do(s) autor(es), três palavras-chave, com um máximo de 35.000 caracteres com espaços, incluindo gráficos, quadros, imagens, notas de rodapé, notas de fim de texto e referências bibliográficas. O texto deverá assumir o formato de artigo, com os objectivos, o âmbito cronológico, a metodologia, as fontes e a problemática, anunciada no resumo, devidamente desenvolvida, assim como as considerações finais e a bibliografia. O texto é apresentado em formato Word, tamanho A4, fonte Times New Roman, tamanho 12, espaço simples, justificado em ambas as margens. As citações a partir de 4 linhas devem conter espaço simples, recuo à esquerda de 4 centímetros e fonte 11, em itálico sem aspas. As notas devem estar no final do texto.

Nas referências bibliográficas, os autores devem observar as normas APA em vigor, de acordo com os seguintes exemplos:
Carvalho, M. M. C. (2005). School and Modernity Representations as Pedagogical Models: a study on their circulation and usages in Brazil (1889-1940). Paedagogica Historica, Gent, 41 (1-2), 259-273.
Fernandes, R. (2008). A borboleta e o meu tempo escolar. In R. Fernandes, & A. C. V. Mignot (orgs.), O Tempo na Escola (pp. 17-31). Porto: Profedições.
Nóvoa, A. (2005). Evidentemente. Histórias da Educação. Porto: Asa.